Mais de 20 mil pessoas participam do Suzano Pela Paz

0
47

Ato reuniu pais e mães suzanenses que se uniram para levar a cultura de paz para todo o País

A emoção tomou conta das mais de 20 mil pessoas que participaram do ato Suzano Pela Paz, realizado das 10 às 17 horas deste sábado (13/04), no Parque Municipal Max Feffer. O encontro também contoucom apresentações do padre Antônio Maria, da Família Lima e dos cantores Paulo César Baruk e Ana Vilela. O ponto alto da ação foi a abertura do Jardim da Paz.

Entrevista exclusiva com a Cantora e Compositora de Trem Bala, Ana Vilela.

Com a abertura dos portões às 9 horas, as famílias vestidas de branco começaram a acessar o parque. No local, encontraram o espaço Pais & Filhos, com atividades recreativas, dinâmicas e jogos dentro da Arena Suzano, com o objetivo de unir mais as famílias – a iniciativa foi do grupo voluntário Mães Suzanenses; também teve tendas de descanso e espaço kids, com brinquedos e recreações; e praça de serviços, com atuação das secretariais municipais e de entidades e associações.

 

Representando as dezenas de mães voluntárias no ato pela paz, a suzanense Renata Lopes Perilo explicou que as famílias são a base e a estrutura para as crianças e, por este motivo, deseja reforçara importância da presença dos pais na vida dos alunos. “Estamos participando com o objetivo de levar um pouco de amor e atenção para as famílias. As atividades entre pais e filhos promovidas aqui fazem parte deste momento de reflexão. Com certeza eles vão sair daqui com uma sementinha e praticar isso em casa também. Essa união é muito importante”, disse.

 

Ainda pela manhã, o hino de Suzano foi tocado e, logo depois, a fanfarra simples da Escola Estadual Helena Zerrenner se apresentou em homenagem às famílias. Em seguida, a Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo entrou no Palco da Paz. Depois, a aluna da Escola Estadual Professor Raul Brasil Leticia Nunes cantou dois louvores ao público presente.

Ao meio-dia, houve um ato na busca da cultura da paz, com a abertura do Jardim da Paz. No local, as mais de duas mil flores formaram a palavra “Paz”, rodeada por árvores. O ambiente, projetado para acolher os suzanenses para um momento de reflexão e contemplação da natureza, tem a pretensão de enaltecer o amor e a perseverança existente em cada um. Na oportunidade, ao som da música “Um Mundo Bem Melhor”, bexigas brancas foram soltas e enfeitaram o céu.

Para o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, o bem sempre é maior. “Aqui no parque, as famílias deram as mãos, se uniram e clamaram por paz. Nossa cidadesegue prezando pelo bem e pela esperança de dias melhores”.

O padre Antônio Maria entrou ao palco às 13 horas e, ao público presente, disse palavras de paz e amor. “Estou feliz de estar aqui. É um desejo de Deus que a gente viva em paz. Os antigos mestres da Igreja disseram que Paz é a tranquilidade da ordem. Temos que fazer tudo para vivermos em ordem. Ordem para com Deus. Uns para com os outros. Ordenar nossa vida pelo bem, pelos ensinamentos de Jesus. Que tenhamos misericórdia uns para com os outros. Se a gente está em paz, a gente promove a paz. Desejo paz a todos”, explicou.

Após as musicas, o cantor gospel Paulo César Baruk disse que viu a esperança nos olhares das pessoas e agradeceu a Deus por estar fazendo parte deste momento em Suzano. Já a Família Lima reforçou o trabalho de reconstrução emocional.

Por fim, a cantora Ana Vilela apresentou no encontro sua canção-poesia “Trem Bala”. “Acredito que neste momento difícil, esse ato de paz traz conforto e leva mensagem de tranquilidade. Tenho umaligação especial com Suzano, porque minha esposa é da cidade e me sinto bem de estar aqui para ajudar no conforto de todos, pois a nossa vida é passageira e precisamos estar unidos”, concluiu.

Encerrando o evento, o Quarteto da Orquestra de Câmara de Suzano fechou as apresentações.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here