Comércios de Suzano já começam a fechar suas portas devido ao isolamento social

0
216

Quem passa pela Avenida General Francisco Glicério, já pode ver diversas placas em comércios indicando que estão “à venda” ou “Alugando”. Tal fato, denota a questão de que os comerciantes estão desistindo de seguir com seus estabelecimentos, há dois meses de portas fechadas, muitos já não possuem mais dinheiro para arcar com alugueis.

Em entrevista ao Jornal Diário de Suzano, Ademilson Bernardes, presidente da Associação dos Corretores de Imóveis da cidade (Acoris), afirmou que tal fato acontece devido a falta de sensibilidade de proprietários de imóveis, que não sabem como administrar a situação.

Ademilson afirma que é necessário entender também, que em alguns casos, os donos dos imóveis necessitam do dinheiro dos aluguéis, mas há outros casos que não aceitam o acordo. O presidente afirma que nesse momento é necessário que os donos dos imóveis aceitam renegociar o aluguel com redução do preço ou parcelamento, já que após a pandemia será difícil local os imóveis.

Os comércios seguem fechados como orienta o decreto do Governo do Estado de São Paulo, e os autônomos e comerciantes tem sido os mais prejudicados com essa pandemia.

(Com informações do Diário de Suzano / Imagem: Jackeline Lima)

Deixar uma resposta